LibreOffice terá versão para tablets, além de interface no navegador

O LibreOffice, suíte de escritório livre concorrente do MS Office (Também conhecido como BROffice no Brasil), versão criada a partir de um fork do OpenOffice (Que foi doado pela Oracle para a Apache Foundation) trará várias novidades em breve.

Durante a LibreOffice Conference a Document Foundation anunciou algumas novidades interessantes para o futuro do LibreOffice, incluindo o acesso pelo navegador e uma versão para Android e iOS.

O LibreOffice Online Prototype mostra o trabalho inicial para levar o
LibreOffice para o navegador. A princípio não é na forma de serviço
como o Google Docs, é basicamente uma forma de acesso remoto ao programa
aproveitando um novo recurso do GTK+
que pode desenhar as janelas usando HTML 5 no navegador. Isso ainda
requer um servidor e tudo mais, mas não deixa de ser interessante,
especialmente para empresas. O vídeo abaixo exibe um pouco dele:

Outra grande novidade é o anúncio de um port para Android e iOS,
baseado no trabalho voluntário de Tor Lillqvist – um desenvolvedor da
SUSE conhecido pelo port do GIMP para Windows. O LibreOffice para
Android e iOS tem como objetivo fornecer uma suíte de aplicativos do
gênero para iPads e tablets com Android, e eventualmente dispositivos
com telas menores. O trabalho ainda está bem no começo, sem nada
funcional para o público, mas é bastante promissor. Falta criarem a
interface, que naturalmente será diferente, mas o código principal está
sendo compilado sem problemas.

Estas duas novidades devem virar produtos finais apenas no final de
2012 ou talvez início de 2013, mas o trabalho nelas já começou. Enquanto
isso o OpenOffice.org segue virtualmente parado,
sem previsão para uma nova versão – sabe-se apenas que não foi
encerrado, está sendo adaptado ao processo de trabalho da Fundação
Apache.
A TDF ainda aproveitou para divulgar que conseguiu mais usuários:
cerca de 500 mil desktops do governo francês trocaram o OpenOffice pelo
LibreOffice. Em sua maioria usavam Windows, o que elevou em 5% a base de
usuários do LibreOffice em Windows.

Originalmente postado no Hardware.com.br

By | 2015-06-14T16:55:18+00:00 segunda-feira, 17 outubro de 2011 16:31|Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário